Hiper Serviços - Apoio Receita Federal lança ferramenta que protege CPF contra inclusão indevida em quadros de empresas
Receita Federal lança ferramenta que protege CPF contra inclusão indevida em quadros de empresas

A Receita Federal lançou uma nova ferramenta de proteção a dados dos cidadãos, dessa vez, o CPF. A ferramenta visa a impedir que, de forma fraudulenta, criminosos possam incluir o número do documento de um cidadão no quadro societário de uma empresa ou sociedade.

A ferramenta é chamada "Proteção do CPF - Permissão para Participar de CNPJ". Para fazer a adesão, o interessado deve acessar o Portal Nacional da Redesim ou o canal de Serviços Digitais da Receita Federal e selecionar a funcionalidade. É preciso ter uma conta Gov.br. Ou seja, atualmente, mais de 155 milhões de brasileiros podem se beneficiar dessa funcionalidade.

Gratuitamente e de forma intuitiva, o cidadão poderá impedir, em todo o território nacional, que o seu CPF seja incluído em negócios de forma indesejada. A ferramenta abrange todos os órgãos registradores (Juntas Comerciais, Cartórios de Registro de Pessoas Jurídicas e OAB) e alcança todos os tipos jurídicos, incluindo o Microempreendedor Individual - MEI e Inova Simples.

Se o cidadão cogita futuramente abrir um negócio, no entanto, não precisa ficar preocupado. Com o CPF protegido, caso deseje participar de algum CNPJ, o cidadão poderá reverter o impedimento de forma simples e a qualquer momento, acessando a mesma funcionalidade e alterando a situação.

Fonte: O Globo
Foto: Canva

Notícias

ver todas as notícias
Transferência de créditos de ICMS entre empresas do mesmo titular deixa de ser obrigatória

Transferência de créditos de ICMS entre empresas do mesmo titular deixa de ser obrigatória

Nesta terça-feira (28), o Congresso Nacional reincluiu na Lei Complementar (LC) 204/2023 o dispositivo que estabelece a possibilidade de o contribuinte promover, ou não, a transferência de créditos escriturais de ICMS nas transferências de mercadorias entre seus estabelecimentos.
Transferência de créditos de ICMS entre empresas do mesmo titular deixa de ser obrigatória